Segunda-feira, 22 de Outubro de 2007

Este fim-de-semana tornei-me numa velha de jardim, estive na bela cidade de Beja, nestes últimos anos aprendi a apreciar bastante a cidade. Apesar de ter nascido lá, só aos meus vinte e poucos anos é que passei a conhecer a cidade, mas realmente o que gosto mais são os seus jardins.

Em cada curva, em cada canto há um pequeno ou grande jardim e este fim-de-semana estive em dois desses belos jardins.

Estava sem a minha companhia habitual e a que não é habitual devia estar a dormir, diga-se que eu saí de casa as 8 quase nove da manhã. Saí porque tinha de ser, mas na verdade até foi um bom momento e tudo porque estava uma temperatura agradável e não havia pessoas na rua.

Vou contar, saí de casa com uma certa dormência essa que passou 5 minutos após começar a caminhar, pois a suave brisa da manhã dá uma certa energia. Comecei a minha caminhada de 20 minutos até ao meu destino e sentei-me pelo caminho num excelente café no centro da cidade, enquanto tomava descansada o meu imprescindível café da manha notava a cidade a ganhar vida, pouco a pouco iam aparecendo pessoas e as lojas abriam as suas portas tudo num ritmo muito calmo. Entrei no café e senti os muitos e variados cheiros que despertaram desta vez aquela sensação de água na boca, sentei-me e dei a mim própria o gosto de provar tais maravilhas, como tinha deveres a cumprir lá fui eu ao meu destino. Como estava um belo dia pensei em conhecer melhor a cidade, então porque não começar pelo jardim ? De manhã um e à tarde outro, relaxei e aproveitei o dia na companhia de amigos e de um belo sol.

Conselho de amiga, sempre que fores a uma cidade procura os seus jardins, acho que diz muito si.



publicado por sashablog às 10:37 | link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Terça-feira, 16 de Outubro de 2007

Estados de espírito? Espírito?

Espírito essa coisa que não se vê mas que se sente, que nos comanda e que nos torna gente. Espírito, esse nome que define algo abstracto mas que todos sabem o que é, sim esse mesmo, aquele que sofre com coisas mundanas aquele que nos eleva ou que nos abate.

Esse ser com vida própria, que quando damos conta toma conta de nós... Do nosso corpo e apenas a nossa mente sabe que ele está lá. Não adianta nega-lo ele está lá, muitas vezes, quando sentimos aquela dor no peito, aquele nó na garganta... é ele que grita "DEIXA-ME SAIR"

A minha pergunta é, Porquê? Porque é que não o deixamos sair? Porque deixamos que a nossa mente pondere e o abafe? De certeza que muitas vezes ele teria melhor resposta!

Ai, Ai a cabeça, quantas vezes penso em corta-la para jogar fora, para que não ouviça constantemente aqueles pensamentos que me impedem... ai que me impedem.

 

Penso em dormir, mas não consigo. Hoje o dia foi triste demais...

Derramei algumas lágrimas e guardei-as todas, para que me lembre amanha que elas nunca deveriam ter saído de mim.

E tudo isto para quê? Ninguém viu, ninguém ouviu... Porque haveriam de ouvir? Não lhes faz diferença... Há pessoas que não vêem, que não querem ver. "Ela é forte"- pensam eles... Pois pensam mal e ai o mal que pensam. Sou carne, sou osso e sou sangue... Sou gente.

 

Todos querem, mas ninguém dá e aquilo que é mais importante para mim, aquilo que não se compra aquilo que não se vê na TV. Algo que me parece tão longe quase em extinção, aquela pedra preciosa que se tornou rocha, dura como granito, escura e triste.

Já não há coração, só interesse e quando pensamos que estamos rodeados de gente... Dás por ti só.

Boa Noite.

 

 

Um beijo especial a minha espanhola, que depois de 20 anos, é verdade 20 anos, está ca no meu coração **** beijos (Desculpa la qq coizinha)

 


sinto-me Sem descrição
música Nada Absolutamente Nada
tags:

publicado por sashablog às 23:39 | link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Domingo, 14 de Outubro de 2007

Depois dos últimos posts que foram assim como quem diz, de revolta, encontrei uma musica excelente (para mim claro, gostos não se discutem).

É de uma actriz e cantora chamada Emmy Rossum , podem não se lembrar dela em filmes mas vejam o vídeo e aqui vai a letra.

 

 

Emmy Rossum - Slow Me Down


Rushing and racing
and running in circles
Moving so fast , I'm forgetting my purpose
Blur of the traffic is sending me spinning
Getting nowhere

My head and my heart are colliding , chaotic
Pace of the world
I just wish I could stop it
Try to appear like I've got it together
I'm falling apart

Save me
Somebody take my hand , and lead me
Slow me down
Don't let love pass me by
Just show me how
'Cause I'm ready to fall
Slow me down
Don't let me live a lie
Before my life flys by
I need you to slow me down

Sometimes I fear that I might dissapear
In the blur of fast forward I faulter again
Forgetting to breathe , I need to sleep
I'm getting nowhere

All that I've missed I see in the reflection
Passed me while I wasn't paying attention
Tired of rushing , racing and running
I'm falling apart

Tell me
Oh won't you take my hand and lead me
Slow me down
Don't let love pass me by
Just show me how
'Cause I'm ready to fall
Slow me down
Don't let me live a lie
Before my life flys by
I need you to slow me down

Just show me
I need you to slow me down

The noise of the world is getting me caught up
Chasing the clock and I wish I could stop it
Just need to breathe , somebody please
Slow me down

http://www.youtube.com/watch?v=C0eGe-VV7I8&mode=related&search=


publicado por sashablog às 22:55 | link do post | comentar | favorito

Quinta-feira, 11 de Outubro de 2007

Já ouviram falar?

Então? Se ouviram tenho pena de vocês como tenho pena de mim, se não ouviram é porque foram abençoados ou pertencem a essa raça que tem a benesse do factor.

Não se justifica que em pleno século XXI, não vou dizer que ainda se sinta mas sim que se volte a sentir a discriminação sexual. Quando digo que se volta a sentir é porque no tempo da minha mãe e olhem que ela já tem 60 anos, as mulheres tinham alguma posição e eram escolhidas para trabalhar como qualquer outra pessoa (Homem).

Há pessoas que acham que estou meio doidinha ou que tenho a mania da perseguição, mas a realidade é que na não é a primeira vez, uma vez ao candidatar-me a um dito banco fui passada para trás por um estudante de arquitectura, veja-se que era uma posição de caixa e que eu tenho conhecimentos de gestão e contabilidade, outra foi-me dito cara-a-cara que ou uma mulher fazia parte da equipa ou estava lá para atrapalhar, querem mais? Aqui vai.... foi-me perguntado se tinha planos de engravidar nos próximos dois anos e a mais recente é ter enviado o CV ao mesmo tempo que um colega de universidade (temos os dois as mesmas habilitações e experiencia) e passado 5 minutos o seu telefone toca para marcar entrevista e eu aqui estou na mesma como a lesma.

Que mentalidade tacanha é esta que valoriza as pessoas pelo sexo e não pela sua inteligência?

Que evolução pode ter o nosso pais se as próprias empresas matam os nossos filhos mesmo antes de nascer?

Não sei se há esperança, mas ainda ei de provar a estes seres que estavam redondamente enganados e vou puxar o tapete debaixo do seus pés e hão de se estatelar com as suas enormes nalgas e entalar o seu dito cujo de forma a sentir uma dor que lhes sirva de castigo
Se há coisas que me aborrece é a falta de inteligência. Tenho dito


música Qual musica qual carapuça

publicado por sashablog às 14:30 | link do post | comentar | favorito

Quarta-feira, 10 de Outubro de 2007

Macaquito de Hoje

 

 

Para que se faz planos? Até os mais simples?

Será necessário? Não será perder tempo?

Lá está, é necessário ou não? Acredito que os planos são meramente uma expressão dos nossos desejos onde como qualquer coisa que se aspira pode, ou não se concretizar.

Por mais que faça planos quase nunca os consigo concretizar, talvez parcialmente, mas nunca por completo. Dar-me-ia grande satisfação que pelo menos uma vez, eu chegasse ao fim do dia a pensar "... Sim senhora, grande mulher... Conseguiste", mas isso não acontece. Talvez por eu também mudar de ideias como quem muda de roupa, mas veja-se que isto apenas em relação a coisas que faço nos tempos livres (e não estou presa a esta maldita toca).



Descobri... Pronto já sabia, que para fazer metade daquilo que me vai na cabeça tenho de me isolar das pessoas, ora ai está, isso é uma coisa que não sei fazer e é lógico que de vez em quando sabe bem um tempito para nós, mas o problema é que já não estou habituada a tal coisa.

Bom, resumindo a questão, ontem tinha planos e não fiz nada de nada, fiz outras coisas.



Hoje dói-me o dente de siso, não fiquem a pensar que tenho dentes estragados... Nada disso, apenas é o ultimo desses benditos dentes que está a nascer. Hoje sou como as crianças, farto-me de mastigar pastilha pois é a única coisa que parece aliviar a constante dor, nem os medicamentos fazem tanto efeito.





P.S. Para uma certa menina que ler este post (sim mafarrica espanhola, és tu), na sabias do blogue mas sabes tudo o que me vai na alma oh ciganita. Beijos tuga que são os melhores :D.


música Eu bem queria, mass.....
tags:

publicado por sashablog às 10:15 | link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

Terça-feira, 9 de Outubro de 2007

E que tal acham? Cheguei aos 25, muitos irão dizer "... ai os meus belos 25...".

Na realidade não me sinto com 25, muitas vezes pareço uma adolescente mas com responsabilidades de 30... Estou a exagerar... Responsabilidades de 25.

Como se sentiam com esta idade? Onde estavam?

Eu para não variar, estou no mesmo sítio de há 4 anos atrás esperando uma mudança que teima em não vir.

A verdade é que temos de ser drásticos em certas alturas da nossa vida e arriscar, o que para mim que tenho muita conversa para os outros ("sim, sim eu falo pelos cotovelos e farto-me de dar opiniões"), não é muito fácil...

A verdade é que estou até muito bem-disposta o que já há dias que não acontecia, deve ser por estar um sol maravilhoso e acho ate que vou dar uma voltinha à saída do trabalho, levo os patins (eu bem disse... adolescente) e dou uma voltinha para em seguida me refastelar com o jantar e ir ao cinema com a malta. Bons planos não acham?


sinto-me Jovial
música Those sweet words
tags:

publicado por sashablog às 14:34 | link do post | comentar | favorito

Só mais alguns...
mais sobre mim
Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


posts recentes

Brisa Fresca

Umbigos de metro e oitent...

News from algarve

Coisas de Natal

Tatto

Que desnaturada...

I'm Back (great news)

O meu lugar ao sol

Sem Férias

O visitante do 3º andar

arquivos

Maio 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

tags

80's

a

alien sono

amor

anos

aprende

arte

axim

bebe

boxe

cala-te

campanha

carpe diem

casamentos

cegonha de paris

chupa-me

criança

de

desesperadas

dois

dotado

é a millllllliii

emoção

falhas

feliz

gelo

gordo

jane oli

jovial

lê o papelinho

mafarrica

maldição

moni

muda

multí coloré

nada

nariz vermelho

news

old

on carvon

papelinho

peixe

quim

revolta das chicas

rugas

rules

sardines

saudade

tatto

to be

toca

toni

tres

um

vamos dançar

velho

vida

wop

world press photo

todas as tags

links
blogs SAPO
subscrever feeds