Sábado, 5 de Janeiro de 2008







Não sabia bem como começar, não queria que este primeiro post fosse banal ou de revolta, queria pinta-lo de várias cores como o arco-íris e que mil borboletas voassem por cima da cabeça. Queria sentir-me criança e deitar-me na areia, onde o sol me beijasse a cara e as ondas do mar me fizessem cócegas nos pés.

Queria rebolar no campo, apanhar flores, subir nas arvores e cair sabendo que podia correr para um regaço e que ninguém me ralhava.

Hoje pensei em tudo o que gosto e que sinto falta, mas esses pensamentos fizeram-me sorrir e encheram-me de calor :) , a falta da infância e das pessoas, da minha avó e do seu do seu abraço quente, das panquecas com a moni , dos biscoitos da mãe, do cheiro do skate park , dos abraços e dos beijos, dos risos desmedidos, das borboletas na barriga e até de corar. Lembro-me de corar, corava tantas vezes que parecia um tomate e agora nem sei o que é isso, era a inocência e os sentimentos puros. O inicio das aulas, em que todos tinham algo para contar, o cheiro dos livros novos e de ouvir a minha mãe dizer "...gosto tanto deste cheirinho...", dos jogos da bola só de raparigas, de ir ao liceu e entrar tipo fugitiva só para assistir as aulas dos outros. Há dias reparei que já não me riu tanto outras vezes já não com o mesmo gosto.


 

Hoje o pai de um amigo faleceu, não é grande começo de ano mas é a realidade. É triste para ele e fico triste por ele.

 

Mas a vida é assim e os vivos estão cá e para me lembrar disso tive a boa noticia de ano novo, dada pela Cat em que um amigo nosso saiu do coma o que é óptimo porque já temíamos o pior.

Melhor ainda foi quando falei com ele, senti-me feliz e aliviada em não perder mais um amigo num (ou como ele diz "em um") acidente parvo.

Tantas horas passadas a porta da sua casa, tantas confidencias, a verdade é que temos uma relação especial, não tenho estado tanto com ele é verdade, mas quando nos encontramos é igual, eu abro a matraca e falo com ele horas a fio se for necessário .

Há pessoas que nos marcam, por tudo o que passas com elas e pelo carinho partilhado com elas. Para a semana vou visita-lo pois ele volta a casa, espero que ele esteja bem mesmo e com bom aspecto, tenho medo de que esteja diferente não sei o que esperar apesar de me ter descrito o seu estado, acredito que esteja debilitado mas gostava de o ver como o conheço. Pode ser parvoíce , ou o desejo de que nada se tivesse passado, em que apenas é mais um dia que não o encontrei na rua.


 


Entrei bem, com saúde , sem desejos nem promessas, sem passas ou cuecas de cor, este ano decidi assim, nada de ano novo vida nova.

 Entrei neste ano sendo eu mesma, com os dois pés no chão e sem crenças, assim mesmo é que deve ser, pés no chão e sonhos na cabeça.

 cheguei ao fim de mais um dia e apesar de algumas coisas estou feliz por muitas outras.

 Por isso e agora sim desejo um óptimo 2008.


sinto-me Em paz de espirito
música as gargalhas ao pé do mar
tags:

publicado por sashablog às 00:37 | link do post | comentar | favorito

1 comentário:
De mo a 5 de Janeiro de 2008 às 20:01
emocionaste-me...


Comentar post

Só mais alguns...
mais sobre mim
Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


posts recentes

Brisa Fresca

Umbigos de metro e oitent...

News from algarve

Coisas de Natal

Tatto

Que desnaturada...

I'm Back (great news)

O meu lugar ao sol

Sem Férias

O visitante do 3º andar

arquivos

Maio 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

tags

80's

a

alien sono

amor

anos

aprende

arte

axim

bebe

boxe

cala-te

campanha

carpe diem

casamentos

cegonha de paris

chupa-me

criança

de

desesperadas

dois

dotado

é a millllllliii

emoção

falhas

feliz

gelo

gordo

jane oli

jovial

lê o papelinho

mafarrica

maldição

moni

muda

multí coloré

nada

nariz vermelho

news

old

on carvon

papelinho

peixe

quim

revolta das chicas

rugas

rules

sardines

saudade

tatto

to be

toca

toni

tres

um

vamos dançar

velho

vida

wop

world press photo

todas as tags

links
blogs SAPO
subscrever feeds